Home » Notícias

Morreu o jornalista Miguel Urbano Rodrigues

Morreu este sábado, aos 91 anos, o jornalista Miguel Urbano Rodrigues. Era o associado mais antigo da Casa da Imprensa, inscrito desde junho de 1955.
Miguel Urbano Rodrigues foi redator do “Diário de Notícias” entre 1949 e 1956 e chefe de redação do “Diário Ilustrado” até 1957. Entre 1957 e 1974 esteve exilado no Brasil, onde foi editorialista no “Estado de S. Paulo” e editor internacional da revista “Visão”. De regresso a Portugal após o 25 de abril, foi chefe de redação do “Avante!” e diretor de “o diário”. Escritor e ensaista, publicou mais de uma dezena de livros em Portugal e no Brasil.
Natural de Moura, no Alentejo, nos anos 90 foi deputado à Assembleia da República pelo PCP e membro das assembleias parlamentares do Conselho da Europa e da União da Europa Ocidental. A sua atividade política foi marcada também pela participação ativa no assalto ao paquete Santa Maria, em 1961.
Antes da viragem do século voltou à América, vivendo em Cuba oito anos, até 2002, antes de se fixar em Serpa, terra de família, e finalmente em Vila Nova de Gaia, onde continuou a escrever, agora como co-editor de “odiario.info”, uma publicação digital.
O corpo de Miguel Urbano Rodrigues estará em câmara ardente no Centro Funerário da Lapa, no Porto. O funeral realiza-se na segunda-feira, às 16:00 horas.