Home » Informação Geral

Informação Geral

Os associados da Casa da Imprensa têm acesso a cuidados de saúde através de duas modalidades, ambas sujeitas a subscrição: Cuidados de Saúde Primários e Internamento Hospitalar.
A prestação de Cuidados de Saúde Primários é garantida nos postos clínicos da associação (na sede, em Lisboa, e na delegação do Porto) e também em prestadores convencionados, nos respetivos estabelecimentos.
Na sede há atualmente consultas de Medicina Geral e Familiar e de mais doze especialidades, bem como pequenas cirurgias. Na delegação do Porto são feitas consultas de clínica geral.
Para os associados, o preço das consultas médicas varia entre nove euros (clínica geral) e 15 euros (restantes especialidades). As consultas de psicoterapia custam 45euros, que é também o valor máximo a cargo do associado das pequenas cirurgias.
Pode ver os horários de atendimento e as especialidades médicas na página Consultas .
A rede externa é constituída por prestadores de cuidados de saúde de diversas especialidades médicas e de meios complementares de diagnóstico e terapêutica.
Pode ver a respetiva lista, ordenada por especialidades, nas páginas Convénios e Exames .
Quando prescritos nos formulários da Casa da Imprensa, os medicamentos são dispensados com descontos nas farmácias que têm acordo com a nossa Associação (ver a página Farmácias ) e, tal como a maioria dos exames, são comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde.
O acesso à rede de prestadores externos carece de credencial, que é emitida pelos serviços clínicos ou pode ser requerida aos Serviços Gerais, sendo entregues aos associados pessoalmente, por via postal ou por correio eletrónico. O preço da credencial varia consoante se trate duma especialidade inexistente no posto clínico da Sede (€30,00) ou que esteja também disponível na Casa da Imprensa (€35,00).
Complementarmente às garantias regulamentares, os associados da Casa da Imprensa recebem um “cartão de saúde” que lhes dá acesso, em condições vantajosas, à Rede Médica Nacional da AdvanceCare. A rede é constituída por mais de 18 mil prestadores de cuidados de saúde, incluindo consultas de todas as especialidades médicas, exames e tratamentos, em todo o país.
Em regime de ambulatório, a utilização do “cartão de saúde” dispensa qualquer outra credencial ou pré-autorização. Os serviços são pagos imediatamente, sem comparticipação, mas beneficiando de um desconto acordado entre o prestador e a rede AdvanceCare, sem intervenção da Casa da Imprensa. O desconto é, em média, superior a 40% relativamente aos preços de tabela e o preço máximo duma consulta é de 35 euros.

A modalidade de Internamento Hospitalar garante a comparticipação de 100% nas despesas de hospitalização (com o limite de 15.000 euros/ano e de 2.500 euros por parto) na Rede Médica Nacional da AdvanceCare. Fora da rede convencionada a comparticipação é de 50%.
A subscrição da modalidade de Internamento Hospitalar é livre até aos 65 anos de idade e, tal como a inscrição na Casa da Imprensa, uma vez realizada torna-se vitalícia. A hospitalização (tal como alguns exames e tratamentos) carece de pré-autorização, mas dispensa caução ou termo de responsabilidade. Após a prestação do serviço, o associado paga apenas uma franquia (250 euros por internamento ou 500 euros em caso de parto por cesariana).